Homem é condenado a 30 de prisão por torturar e assassinar vizinho de bairro que teria confundido com estuprador, em Pouso Alegre

O Tribunal do Júri de Pouso Alegre condenou um homem a 30 anos de prisão, em regime inicialmente fechado, pela tortura e assassinato de um homem de 35 anos. A vítima, que morava no mesmo bairro do autor, teria sido confundida com um estuprador que cometia crimes sexuais na região. O homicídio ocorreu no dia 15 de dezembro de 2022.

> Repórter: Clara Caetano | Tempo de áudio: 00″56′ 

Incorporar

<audio src=”https://radiompsite.qcomm.com.br/wp-content/uploads/2023/12/IMPR-20231206-Tribunal-do-Juri-Pouso-Alegre-Condenacao-tortura-e-assassinato-.mp3″ controls=”controls”></audio>