Prefeito afastado de Pedra Bonita é acusado de improbidade administrativa e uso de veículos públicos para cometimento de crimes sexuais

O MPMG ajuizou Ação Civil Pública contra o prefeito de Pedra Bonita, município da Zona da Mata Mineira, por improbidade administrativa. Afastado do cargo em junho deste ano a pedido do MPMG, ele é acusado de utilizar veículos oficiais do município para fins particulares, inclusive para a prática de crimes sexuais.