A pedido do MPMG, Justiça condena prefeito de Passa Tempo a perda do cargo e inelegibilidade por oito anos após ação transitar em julgado

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais julgou parcialmente procedente Ação Penal proposta pelo MPMG e condenou a dois anos de detenção e pagamento de multa o prefeito do município de Passa Tempo, uma servidora municipal e três empresários, pela prática do crime de fraude em processo licitatório.

Incorporar

<iframe src=”https://www.qcomm.com.br/radios/mpmg/site/wp-content/uploads/2023/08/20230823-Criminal-Passa-Tempo-Condenacao-perda-de-cargo-e-inelegibilidade-prefeito-.mp3″></iframe>