MPMG obtém decisão judicial que obriga mineradora a descaracterizar barragem de rejeitos em Itabirito

O MPMG (Ministério Público de Minas Gerais) obteve decisão liminar em Ação Civil Pública, ajuizada em conjunto com o Estado de Minas Gerais e a Fundação Estadual do Meio ambiente (FEAM), determinando que a Mineração Arêdes Sociedade Limitada (MINAR) seja obrigada a adotar medidas para descaracterizar as barragens de rejeitos em unidade de conservação no município de Itabirito.