Homem é condenado a 34 anos de prisão por estupro de vulnerável e pela gravação e divulgação de imagens íntimas envolvendo adolescente em Itabira

Um homem foi condenado a 34 anos e 23 dias de reclusão, em regime fechado, pela prática dos crimes de filmagem, divulgação, publicação e armazenamento de cenas de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente, além de estupro de vulnerável. Segundo a denúncia do MPMG, os crimes ocorreram entre 2014 e 2016, no município de Itabira, na região central do estado.

> Repórter: Clara Caetano | Tempo de áudio: 02″42′

Incorporar

<iframe src=”https://radiompsite.qcomm.com.br/wp-content/uploads/2023/09/IMPR-20230921-Criminal-Itabira-Condenacao-estupro-de-vulneravel-e-divulgacao-imagens-.mp3″></iframe>