Homem que assassinou o irmão em Ipatinga é excluído do direito à herança

A pedido do Ministério Público de Minas Gerais, o homem que assassinou o irmão em Ipatinga, no Vale do Rio Doce, em 2020, foi excluído pela justiça do direito à herança deixada com a morte da mãe.