MPMG recomenda que prefeita de Bonito de Minas exonere sua filha do cargo de chefe de gabinete

O MPMG expediu Recomendação Administrativa para que a prefeita de Bonito de Minas exonere, no prazo de cinco dias, a chefe de gabinete do Município, que é filha dela. A servidora em questão é advogada e foi nomeada pela própria mãe, a prefeita do município, para ocupar cargo em comissão de natureza administrativa. A prática configura nepotismo e viola a Constituição Federal.

> Repórter: Clara Caetano | Tempo de áudio: 01″12′ | Sonora: Diego gomes – promotor de Justiça

Incorporar

<audio src=”https://radiompsite.qcomm.com.br/wp-content/uploads/2023/10/IMPR-20231023-Patrimonio-Publico-Bonito-de-Minas-Recomendacao-exoneracao-filha-prefeita.mp3″ controls=”controls”></audio>