Entidades assinam termo para gerir recursos de demandas das comunidades atingidas pelo rompimento da barragem da Vale em Brumadinho

O MPMG celebrou nesta segunda-feira, 4 de março, Termo de Colaboração Técnica (TCT) com instituições públicas e entidades para a gestão de R$ 300 milhões destinados a projetos de demandas das comunidades atingidas do Programa de Reparação Socioeconômica da Bacia do Rio Paraopeba – anexo 1.1 do Acordo Judicial de Brumadinho.

> Repórter: Clara Caetano | Tempo de áudio: 7″55′ | Entrevistada (AO VIVO): Shirley Machado – coordenadora do CAO-Cimos (Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça para Apoio Comunitário, Inclusão e Mobilização Sociais) da região metropolitana de Belo Horizonte